" />

Aos pés da imponente muralha verde da Serra do Mar de Ubatuba, o Bananal Ecolodge surpreende os viajantes que descobrem o preservado Sertão do Ubatumirim, no litoral norte de São Paulo. Dez suítes avarandadas rodeadas por um cuidadoso projeto paisagístico inspiram por suas exemplares obras de bioarquitetura: construções em bambu, água do banho aquecida por painéis solares e tratamento de esgoto por sistemas biológicos são uma verdadeira aula de sustentabilidade. No restaurante para 60 pessoas, um menu de alimentos de qualidade cultivados localmente satisfaz os amantes da gastronomia saudável. As áreas de spa incluem quiosque para massagem, sauna, biopiscina e um belo espaço de 150m2 destinado à pratica de yoga e outras atividades corporais. Um verdadeiro refúgio para quem busca conforto e conexão real com a natureza.

Dica SUL Hotels: Com 540 espécies de pássaros, muitas delas endêmicas, Ubatuba apaixona os observadores de aves. Basta caminhar pelo Bananal Ecolodge para se deparar com Tiê-Sangue, Saíra Sete Cores, Tangará e outras.

Os quartos

As dez belas suítes de 25m 2 com varanda permitem que os hóspedes relaxem em meio às espécies de flora e fauna tropicais. Estruturas suspensas interligam as instalações de forma harmonizada com a paisagem verde da Serra do Mar.

Como parte das técnicas sustentáveis da construção – que utiliza bambus, captação de água da chuva e painéis solares para aquecimento da água do chuveiro –, a ventilação natural dos quartos invade o ambiente com o aroma da mata. Ar-condicionado e ventiladores estão disponíveis para quem preferir.

Nos banheiros, as amenities 100% artesanais e naturais são um luxo à parte por seus reais efeitos aromaterapêuticos. Os exclusivos óleos essenciais de capim santo e tea tree são coletados na Fazenda Ibiúna, de propriedade da família, e manipulados pela Gaia Cosméticos, grife agroecológica de Ubatuba.

As habitações comportam de 1 a 4 pessoas confortavelmente em ambientes rústicos refinados, que utilizam tons que remetem aos bambus, à terra, ao céu e ao mar do litoral paulista. As tintas utilizadas nas estruturas são feitas à base pigmentos naturais para evitar o impacto causado por tinturas artificiais.

Estrutura

Quem circula pelas instalações do Bananal Ecolodge sente aquele prazer de saber que está se premiando com uma estada em um ambiente singular e contribuindo com um projeto legítimo de contribuição socioambiental. A começar pelas pessoas: dos recepcionistas às camareiras, dos cozinheiros aos garçons, os colaboradores são nativos ou moradores apaixonados por Ubatuba.

Boa parte do trabalho sustentável impecável não está aos olhos do hóspede. É o caso do tratamento biológico do esgoto, da mini-usina de geração de energia fotovoltaica, dos tanques de reaproveitamento de água da chuva e dos minhocários que reaproveitam sobras da cozinha para produzir compostos
orgânicos que adubam a própria horta da pousada.

Com ingredientes locais sazonais, a culinária é um dos pontos fortes do Bananal Ecolodge. A partir de um menu criado pela chef Camila Taquari, especializada em nutrição ayurvédica, pratos saborosos surgem das panelas de Joadson Carneiro, o Jô. É ele quem, desde a abertura do hotel 2016, pratica ecogastronomia de alto nível com o melhor da agrofloresta local: polpa de juçara, mandioca, palmito pupunha, cambuci e outras riquezas da terra de Ubatuba – entre elas, é claro, as receitas de bananas que batizam este santuário natural.

Ubatuba - Brasil

Com nada menos que 20 hectares de mata preservada à beira do Rio Ubatumirim, o Bananal Ecolodge situa-se na porção norte do município de Ubatuba, no lado da estrada oposto ao mar – o chamado “sertão”. Esta é justamente a área com as praias mais bonitas e preservadas – entre as muitas que compõem os 100 quilômetros de litoral da cidade. A partir de 2 quilômetros já surgem recantos tentadores como as Praias do Estaleiro, da Almada e de Picinguaba. É preciso tempo para explorar tudo o que Ubatuba oferece, de caminhadas a mergulhos, de pedaladas a ondas para surfe.


O que Fazer

Absolutamente imersas na natureza de Ubatuba, as instalações do Ecolodge convidam a vivências que valorizam esta harmonia entre o homem, a floresta, o rio, a montanha e o mar. Bastam alguns passos para o hóspede se movimentar dos quartos aos quiosques de yoga e de massagem. Uma caminhada de menos de 1 hora a partir dali, sempre musicada pelo canto de aves raras da Mata Atlântica, leva à Cachoeira do Trombador. Outra atividade sedutora do Bananal Ecologe é o “aguapé”, que consiste em andar pelo leito do Rio Ubatumirim com água até o joelho por 2 quilômetros observado o natureza. Fora dos limites da propriedade mas logo ali ao lado pode-se praticar surfe, stand-up paddling (SUP), mergulho (livre e autônomo), caiaque, mountain biking e passeios de flex-boat para as ilhas do Sul (como Anchieta) ou Norte (Couve e Prumirim) – várias dessas atividades realizadas com empresas parceiras, como a Kairós Ecoliving. Com pré-agendamento, visita-se vizinhas comunidades rurais, de índios e de quilombolas.

Tarifas

Diárias a partir de R$398,00, incluindo café da manhã e uso da área comum (sauna, hidromassagem e biopiscina).

Como chegar

A localização não poderia ser melhor. O Bananal Ecolodge fica a meio caminho entre Paraty e Ubatuba, duas das cidades litorâneas mais cênicas do eixo Rio-São Paulo – e do Brasil. São 35 quilômetros de distância para cada uma pela BR-101, a Rodovia Rio-Santos, convidativa para viagens de carro. Os aeroportos mais próximos ficam nas duas maiores capitais nacionais. De São Paulo, a viagem de
carro dura cerca de 4 horas. O caminho desde o Rio leva cerca de 5h30.