" />

Em meio a dois cânions e diante de uma paisagem arrebatadora, o hotel abre as portas para uma experiência cheia de aventura e, ao mesmo tempo, bastante relaxante.  Exploradores apaixonados pela Costa Rica, os próprios donos da propriedade ficaram surpresos ao encontrar o local, antes totalmente desconhecido por eles, e resolveram instalar ali o hotel pois entenderam o enorme potencial da região, que fica perto do vulcão Miravalles e do Parque Nacional Rincón de la Vieja. Abastecidas pelas águas termais que abundam no local, as piscinas do Rio Perdido são espaços ideais para descansar e fechar um dia repleto de atividades, com direito a trilhas, tirolesas, canopy, boia-cross e mountain bike, entre outras opções.

Dica SUL Hotels: Aproveite a proximidade para visitar o Parque Nacional Rincón de la Vieja, uma das tantas reservas naturais que faz da Costa Rica um dos países mais verdes do mundo. Ali você terá a oportunidade de conhecer o vulcão ativo que dá nome ao parque e também fazer trilhas e se refrescar em cachoeiras e rios de águas cristalinas.

Os quartos

O Rio Perdido conta com 20 bangalôs suspensos e construídos em harmonia com o meio ambiente. Cada unidade tem 36 metros quadrados, com redes na varanda e todas as demais comodidades necessárias para o seu conforto. Além disso, estão equipados com frigobar, máquina de café, ar-condicionado, Wi-Fi, estação para Ipod, duas camas twin ou uma king size, além de uma cama adicional, sofá e TV a cabo. Dois dos bangalôs foram projetados para suprir as necessidades e dar todo o conforto e segurança para pessoas portadoras de deficiência física.

Estrutura

A área total pertencente ao Rio Perdido é de 350 hectares, mas a infraestrutura do hotel ocupa apenas 1% desse espaço. Nela há piscinas de águas termais, um Spa com tratamentos corporais relaxantes, pontes suspensas interligando os espaços comuns e um belo restaurante onde são servidas receitas que privilegiam ingredientes frescos e orgânicos (boa parte das hortaliças, por exemplo, é cultivada pela equipe do hotel). Plataformas de sustentação nas paredes rochosas dos cânions para esportes de ação ao ar livre, tirolesas, passarelas suspensas em meio às árvores e uma pista de mountain bike com 16 quilômetros de extensão completam a oferta encontrada nas dependências do hotel.

Bagaces - Costa Rica

Com cerca de 20 mil habitantes, a cidade de Bagaces fica na província de Guanacaste e está próxima a três Parques Nacionais e alguns vulcões. Essa verdejante região concentra bom número de rios de águas cristalinas e algumas cachoeiras propícias a banho. O local onde o hotel está instalado é um achado em meio a dois cânions de onde brotam águas termais e sua geografia favorece a prática de esportes ao ar livre.


O que Fazer

Logo na chegada os hóspedes são convidados a trocar de roupa para fazer uma caminhada com direito a mergulhos nas piscinas naturais formadas ao longo do rio de águas termais que banha a região. Um refrescante aperitivo para o que virá. Especializada em esportes de ação, a equipe do hotel desenvolveu uma atividade batizada de “aventura do cânion”, na qual diferentes técnicas são empregadas na exploração das formações naturais que são o maior patrimônio do local. Também há trilhas com diferentes níveis de exigência, boia-cross, mountain bike e passeios para as atrações próximas do hotel, com visitas a cachoeiras e ao Parque Nacional Palo Verde.

Como chegar

Há voos regulares entre São Paulo e San José, capital da Costa Rica, com conexão no Panamá. Desde San José é possível seguir de carro em um trajeto de aproximadamente 3 horas de viagem. Também há voos ligando San José a Libéria, capital da província de Guanacaste, onde fica Bagaces e o hotel Río Perdido.