" />

Embora o passado seja o pilar essencial desta confortável hospedagem no centro histórico de Manaus, definitivamente não é o único. A reforma que transformou este casarão histórico remanescente do ciclo da borracha, no fim do século 18, veio acompanhada por um olhar transformador. Uma visão que conseguiu deixa-lo completamente restaurado, mas ao mesmo tempo ainda manter a aura de imponência que já o torna uma referência na capital do Amazonas, mesmo pouco tempo após sua inauguração. Da cozinha do Restaurante FITZ-carraldo sai uma fusão de sabores complexos que mesclam receitas clássicas com ingredientes amazônicos. De forma inteligente e delicada, atingiu-se um patamar de qualidade autêntica que garante sofisticação e conforto a todo tipo de hóspede.


Dica SUL Hotels:
Sair caminhando e descobrir as belezas das edificações históricas do entorno do hotel e contemplar o mítico Teatro Amazonas sob as distintas luzes do dia.

Os quartos

Voltados para um surpreendente jardim interno com uma moderna piscina de pedra, os 30 apartamentos possuem decoração em estilo contemporâneo, mas que resgatam toques rústicos da essência indígena amazônica. Separados em três categorias, todas com Wi-Fi, as acomodações atendem a diferentes níveis de exigência, mas em comum guardam a busca por um conforto e privacidade únicos.

Standard

Com ar-condicionado, os 5 apartamentos de 26 m² desta categoria oferecem cama de casal king-size (sendo possível optar por duas camas de solteiro), poltrona para leitura e banheiro com amenities L’Occitane.

Superior

Os 20 apartamentos de 31 m² com sacada voltada para a piscina dispõem de ar-condicionado, cama de casal king-size, banheira de imersão e ducha, amenities L’Occitane, TV de LCD de 40 polegadas com canais de TV a cabo, docking station, workstation, mini bar.

Premium

Por sua vez, os 5 apartamentos premium se espalham por uma área ainda mais ampla de 38 m², acumulando todos os confortos das outras duas categorias, como ar-condicionado, mini bar e TV LCD de 40 polegadas, além de uma área de estar com duas poltronas e um amplo banheiro com banheira de imersão.

Estrutura

O ambiente com aura histórica e ao mesmo tempo moderna dá o tom de uma estadia eclética, com o conforto necessário para explorar o entorno. A ideia é oferecer uma atmosfera sofisticada que permita ao visitante ter a tranquilidade para descobrir a capital do Estado do Amazonas e os encantos da maior floresta do mundo. Para isso, lança mão de lençóis especiais, banheira, varanda, amenities delicados sempre com um olhar atento aos detalhes, que podem tornar a hospedagem uma experiência marcante. Além disso, oferece aos hóspedes e a outros visitantes a elegância do Restaurante FITZ-carraldo, que propõe em sua carta uma mistura autêntica da mais contemporânea gastronomia mundial com as particularidades inesquecíveis da culinária amazônica.

Manaus, Amazonas - Brasil

A capital do Estado do Amazonas é a maior cidade Região Norte do Brasil, com 2 milhões de habitantes. O Ciclo da Borracha, no fim do século 19, deixou como legado impressionantes edifícios em estilo art nouveau ao longo de todo o centro histórico, como o Teatro Amazonas e o Palacete Provincial. A cidade também se solidificou industrialmente a partir do fim da década de 1960, com a criação da Zona Franca de Manaus, que atraiu investimentos e empregos à região. Encravada em meio à Floresta Amazônica, a cidade é um tradicional ponto de partida para descobrir o maior ecossistema do planeta. Seja a partir da contemplação do Encontro das Águas, ponto em que o Rio Negro cruza o Rio Solimões, na visita às tribos indígenas vizinhas ou na descoberta das praias de rio. Desde sua fundação, em 1669, até hoje, Manaus tem um ritmo próprio, que se reflete no pulsante Mercado Municipal Adolfo Lisboa, em sua culinária tradicional ou em cada olhar do acolhedor povo manauara.


O que Fazer

Porta de entrada da Amazônia, Manaus exerce o duplo papel de grande metrópole da região Norte do Brasil e ao mesmo tempo é ponto de partida para descobrir a imensa floresta através de seus grandes rios. No entanto, bem mais do que o ponto de acesso para o impressionante encontro das águas do Rio Negro com as do Rio Solimões, a capital é também uma atração por si só. O florescente Ciclo da Borracha, no fim do século 18, impulsionou a economia da cidade e a construção de edifícios emblemáticos, como o Teatro Amazonas. A obra-prima da arquitetura da cidade é bem mais do que uma casa de espetáculos e funciona quase como um museu vivo que narra o glorioso passado manauara. No entorno da grande casa de concertos, um sem fim de imóveis tombados pelo patrimônio histórico. Outros roteiros clássicos pela cidade englobam o Mercado Municipal Adolpho Lisboa, o Bosque da Ciência e o Zoológico do CICGS. Com um pouco mais de tempo, é possível agendar passeios de um dia para o Museu da Amazônia e o Museu do Seringal.

Como chegar

A cerca de 70 metros do principal cartão-postal de Manaus, o Teatro Amazonas, o hotel fica na Rua 10 de Julho, 315, bem diante da antiga Santa Casa, em pleno centro histórico. O trajeto de táxi a partir do aeroporto leva cerca de 25 minutos.