Um refúgio lapidado com esmero dentro de uma imensidão natural completamente preservada. Assim pode ser definido o novíssimo Futangue Hotel & Spa, inaugurado em janeiro de 2019. Mas não apenas uma hospedagem de luxo dentro de uma área de preservação como tantas outras que existem na Patagônia Chilena. Diferentemente de vários parques nacionais invadidos pelo turismo de massa, o Parque Futangue é  uma propriedade privada com 13.500 hectares, tamanho equivalente a 800 Parques do Ibirapuera, em São Paulo. Entrada controlada, ambiente de total tranquilidade e privacidade. Assim, o que o hóspede vai vivenciar é uma tendência mundial em termos de preservação e desenvolvimento sustentável. Durante toda a estadia, escolha entre relaxar com todo conforto ou aventurar-se ao ar livre, a pé ou de bicicleta, por mais de 100 quilômetros de trilha. Ao retornar, seja recebido com ótima gastronomia, vinhos bem selecionados e muito descanso num amplo spa. Envolto numa atmosfera de serviço muito atencioso, o Futangue é, sem dúvidas, um ambiente exclusivo e de muita privacidade.

Dica SUL Hotels: Informe-se sobre cada um dos passeios disponíveis e trace com o concierge uma estratégia para visitar os principais pontos, de acordo com seus interesses. O menu de atividades é farto, seja em trekkings, mountain bike, cavalgada ou caiaque. Mas há um detalhe, bem pequeno, e que certamente encantará a todos. Embarque na curta trilha “El Camino de Darwin” atrás da rã-de-Darwin, minúscula espécie entre as várias endêmicas e ameaçadas de extinção.

Os quartos

Mimetizar-se com o entorno e não competir com ele. Essa é a lógica por trás da decoração do Futangue Hotel & Spa. Assim, os 16 apartamentos são repletos de madeira nativa, telas indígenas, têxteis inspirados em artistas nacionais. O importante é que o Chile esteja presente tanto dentro como lá fora. A grande maioria dos elementos do hotel é de materiais recolhidos no parque. Claro, com todo conforto e muito cuidado nos detalhes, como os tons claros e leves aos pés dos Bosques Valdivianos. Uma decoração sóbria, de modo a não faltar nem sobrar. É sobre redefinir o aconchego.

HABITACIÓN SUPERIOR

Espalhados por 26 m2, a ampla cama queen size domina o ambiente que intercala móveis leves e couros rústicos. Em tons sóbrios, feitos com madeiras nobres, o quarto tem lindas vistas para as montanhas verdes e os jardins com espécies ornamentais. Nos banheiros, um chuveiro com muito espaço e piso de pedras. Além disso, amenities fabricados com produtos e plantas locais, como mel e frutos do bosque.

HABITACIÓN EXPLORADORES

Um pouco mais afastadas do bloco principal do hotel, oferecem muita privacidade e ainda mais exclusividade. Contam com 26 m2 de área útil, além de piso de madeira nativa e janelas bem largas com uma ótima vista para o jardim. Todo o conforto do quarto se estende ao banheiro, em tons sóbrios e aconchegantes.

SUITES

Além de contar com tudo o que o quarto Superior e o Exploradores oferecem, as suítes têm a vantagem do espaço extra. Com um pequeno living e mais área útil, as suítes têm seus 35 m2 distribuídos com excelência. As camas king size oferecem ainda mais conforto. E as vistas para o Parque Futangue são incríveis. Nos banheiros, os amenities feitos à base de matérias primas regionais são uma unanimidade entre os hóspedes.

Estrutura

Como numa simbiose perfeita, o Futangue Hotel & Spa e o Parque Futangue se unem em um grande corpo. É impossível explicar um sem o outro. Complementares, o parque e o hotel são como dois irmãos que caminham juntos na experiência única que o hóspede terá ao longo de seus dias. Toda a beleza dos lagos e vulcões patagônicos, dos bosques e montanhas virgens é convertida para dentro de uma estrutura sóbria, porém extremamente aconchegante, envolta num serviço singular e atencioso.

Uma vez dentro do hotel o visitante encontra um refúgio de repouso e sossego sem igual. Isso já começa nas áreas comuns, com mobiliário leve e convidativo para descanso e leituras. Como se estivesse na sala de estar da própria casa. Ao entardecer, sentir-se livre para contemplar o horizonte colorido nos terraços, sob o calor de mantas e aquecedores, bebericando um pisco sour.

Pelo paladar, aliás, se dá grande parte do prazer nos acolhedores ambientes do Futangue. Mais precisamente no El Mesón del Caulle, dentro da propriedade. Ali são servidas invenções gastronômicas preparadas com os melhores ingredientes da Patagônia Norte. Aos pratos se destinam um sem-fim de fungos e frutinhos colhidos nos bosques ao redor. Tudo complementado com vegetais orgânicos e hidropônicos produzidos em estufa própria.

Além disso, o Futangue Hotel & Spa se orgulha de estimular o consumo de produtos regionais e de insumos locais, cultivados por artesãos e agricultores vizinhos. Desde frutos do mar da costa de Valdivia até sorvetes caseiros produzindo com frutos típicos. Sem falar nos saborosos licores artesanais, que complementam tanto a cozinha quanto o bar. Das coqueteleiras saem bem estruturados pisco-sour, mas também drinques autorais com ingredientes colhidos no dia.

Em nome de descansar após um longo dia ao ar livre, ou apenas para celebrar a saída da rotina, o Spa é seu lugar. A poucos passos da casa principal do hotel, o espaço de 450 m2 oferece piscina interna climatizada, além de uma semiolímpica, externa. Repouse na sauna enquanto admira cachoeiras espetaculares. Uma seleção de terapias e massagens é oferecida com óleos essenciais à base de ervas locais. Toda a arquitetura do spa está estruturada na força da madeira nativa e na robustez de rochas vulcânicas. Assim, conclui esse mimetismo com o cenário em que está incluído.

Lago Ranco – Región de Los Ríos, Chile

Sem dúvidas o Futangue Hotel & Spa chama a atenção com uma proposta diferenciada na região. Muita preservação, exclusividade e autenticidade são os mandamentos deste empreendimento familiar de conservação do bosque nativo. O propósito é operar seguindo a capacidade de carga para seu desenvolvimento sustentável. Não há áreas de camping nem ônibus de turismo de massas e assim, mesmo com lotação completa, a sensação é a de estar sozinho descobrindo um paraíso.

A quase 1.300 metros acima do nível do mar, o cume do Cerro Mayo o colocará diante de uma vista de 360 graus dos Andes Patagônicos. Uma vez no topo, observe alguns dos maiores vulcões em território chileno e argentino. Conheça as plantas e animais nativos da Floresta Valdiviana, um dos locais de preservação de biodiversidade mais relevantes do mundo, devido ao seu endemismo e vulnerabilidade.

Ao longo de todo o parque se encontram sete lagos cercados de uma incrível vegetação, ideais para caiaque e pesca. Em breve serão abertas visitas a poços de águas termais, sempre dentro do parque, claro.

Em meio a florestas de lengas você subirá pelo Sendero del Cielo, ou Trilha do Céu, até um dos mais altos mirantes do parque, a mais de 1.350 metros de altitude. Maravilhe-se com as extraordinárias vistas panorâmicas das lagoas, montanhas e vulcões cobertos de neve. Cada segundo aproveitando a calma no topo transformará sua viagem. As vistas espetaculares da Lagoa Pitreño, que na língua Huilliche significa “olho de água” serão devidamente registradas.

É importante registrar que esta parte da Patagônia Norte ainda é muito virgem para os grandes fluxos de turismo de massas e reservas particulares, como o Parque Futangue, se mostram como o futuro do turismo de luxo e preservação na região. Os arredores do Lago Ranco são alcançáveis mais facilmente pelo aeroporto de Osorno, e como segunda opção, pelo de Valdivia.


O que Fazer

Despertar diariamente para descobrir algo novo e exclusivo. E o que não faltam são novidades para os olhos. Mirantes, cachoeiras, rios, montanhas… Tudo isso conectado por uma rede de 100 quilômetros de trilhas demarcadas, estruturadas e sinalizadas. A melhor parte: tudo dentro do Parque Futangue, exclusivo para os hóspedes. A sensação é de explorar seu próprio paraíso particular na Patagônia Norte. Caminhar, pedalar, cavalgar. Ou então pescar, observar pássaros, fazer safaris fotográficos, andar com raquetes de neve durante o inverno e até mesmo remar de caiaque.

Entre os cartões-postais mais icônicos, os Saltos del Riñinahue certamente estão entre os mais fotografados. As duas cachoeiras desaguam num grande poço azul, envolto por uma mata densa e radiante. Além de buscar o melhor ângulo para fotos, você poderá pescar grandes salmões. Para chegar até lá, um breve percurso de carro ou de bike.

A Trilha dos Campos de Lava revela a espetacular paisagem de Piedras Quemadas, um rio remoto e quase inexplorado de lava vulcânica resultado de uma erupção no ano de 1922. Ao redor,  elementos geológicos adornam a paisagem aonde quer que você olhe. Rejuvenesça nas nascentes de água quente e deixe-se surpreender pelas imponentes cadeias de montanhas. Um convite a descobrir a fascinante história geológica de Futangue.

Pedale pelos pitorescos campos floridos, cascatas azul-turquesa e enormes árvores antigas através do vale de Trahuilco. Alcance a natureza deslumbrante da Laguna Pichi, num anfiteatro de montanhas cobertas de mata nativa. Com ajuda de um guia, aprenda a técnica da pesca com mosca e pegue belas trutas selvagens – que mais tarde poderão ser preparadas exclusivamente para você.

Já o Circuito Puente Colgante revela um dos melhores exemplos de preservação da floresta chilena. Se tiver sorte, ouça o canto do chucao, uma das aves mais emblemáticas da região. Caminhe por trilhas fascinantes cobertas de musgos que comprovam como o ciclo da natureza impera sobre a paisagem. Do alto da ponte suspensa contemple a bela cachoeira e o estuário que passam sob seus pés.

Outro dia incrível pode ter como destino a Laguna Los Coipos, pela floresta virgem pelo vale do rio Futangue até chegar a esta lagoa solitária. Sinta-se em cada elemento ao redor. Pela trilha, cruzará pontes completamente cobertas por samambaias, musgos e trepadeiras que parecem dar vida. Depois é só desfrutar de um coquetel no píer ou remar com caiaque enquanto a equipe do Futangue prepara um delicioso churrasco patagônico.

Tarifas

A partir de USD 210 por pessoa, por noite com café da manhã incluso. Existem também opções de meia pensão, pensão completa + excursões ou all inclusive.

Como chegar

O acesso é, sem dúvidas um diferencial. Afinal, Santiago e Osorno estão separadas por 1h30 de voo e dali mais 1h30 de transfer até o hotel por ótimas estradas. Já o aeroporto de Valdivia fica a 2 horas e o de Puerto Montt a 2h30, sempre por terra. Ou seja, o Futangue Hotel & Spa é uma opção viável para um feriado prolongado ou férias de uma semana. É possível também voar de Buenos Aires até Bariloche e de lá embarcar num transfer de 4h30 em meio a um cenário lindíssimo no chamado Cruce Andino.